7º Princípio  

7º Princípio

Em tempos de reacionarismo, reafirmar o pluralismo significa ressaltar a necessidade da luta coletiva dos campos progressistas. Portanto, não significa que estamos defendendo todas as concepções em diversos campos. Isto é ecletismo! Sermos plurais envolve a defesa de posicionamentos democráticos comprometidos com os valores e interesses da classe trabalhadora, tendo como norte a liberdade como valor ético central e a democracia, como socialização da política, e da riqueza produzida por toda a sociedade. Desse modo, reafirmamos que ser plural não é ser eclético; é defender os princípios do nosso Código de Ética e do projeto profissional do Serviço Social crítico; é entender e construir essa profissão a partir do desvelamento da questão social, marcada não só por diferenças de classe, mas sobremaneira de raça, etnia e gênero; é afirmar a historicidade da vida social dos indivíduos, que nos exige a atualização constante visando à apreensão da realidade em sua amplitude e dinamicidade para uma intervenção voltada para alcançar a totalidade. Nesses tempos em que a barbárie avança, defender o pluralismo é defender a unidade na diversidade das correntes progressistas desta profissão.
Ser plural é não termos tempo de temer!

 

Outras Notícias

Comentar

Current month [email protected] day *